Araucariaceae

6 07 2008

A Carnaubeira (Copernicia cerifera, (Arruda Câmara) Mart.) é uma palmeira elegante de até 10 a 12 metros de altura, espontânea em grandes florestas puras nas margens de alguns rios nordestinos, como o Jaguaribe, o Açu, o Acaraú, o Curu, o Apodi e o Potengi, e em alguns trechos do litoral. Ferdinand Denis chamou-a árvore da vida, tão numerosas e importantes suas finalidades. A cera é o seu produto mais importante. Aqui, porém, só nos interessa pelos seus frutos – a carnaúba. Trata-se de “uma baga arredondada de 2cm de comprimento, glabra, luzidia, esverdeada, passando a roxo-escura ou quase negra na maturação, de epicarpo escassamente carnoso, envolvendo um carroço duríssimo, provido de albume branco, duro, oleoso. As bagas aglomeram-se às centenas, em grandes cachos”.

É glicose o açúcar existente na polpa da carnaúba. O óleo, esverdinhado e com consistência do sebo, funde a 38oC.

Os gados, principalmente os suínos e bovinos, comem com prazer as carnaúbas verdes, maduras ou secas. Madura, a carnaúba é adocicada, pouco saborosa, mas mesmo assim tem apreciadores. Vendem-nas nas feiras.

 

 

GOMES, Raimundo P. Fruticultura Brasileira. 13a. ed, São Paulo: Nobel.

Anúncios

Ações

Information

2 responses

8 07 2008
Jaque

Tá, pode parecer bubiça, mas lendo assim, até parece que ‘ela’ é uma mulher o.O

15 09 2008
Jaque

Saudade de te ler…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: